• Drª Ivia Magalhães

Sensibilidade ao trigo ou ao glúten


➡Está cada vez mais comum pessoas que relatam que ao restringir o glúten, percebem a melhoria de diversos sintomas. Hoje, podemos falar em doença celíaca x alergia ao trigo x sensibilidade ao glúten não celíaca. É necessário que o médico faça o diagnóstico diferencial e exclua outra condições relacionadas ao seu problema de saúde.

➡O fato é que pode existir uma entidade clínica denominado SENSIBILIDADE AO GLÚTEN NÃO CELÍACA ( tem descrições de casos de 1980, mas agora está se discutindo mais sobre essa condição). Nesses casos, são excluídas outras condições, entre elas doença celíaca e alergia ao trigo), e o paciente refere melhora após a retirada do glúten da dieta.

➡ Pacientes com sensibilidade ao glúten não celíaca podem apresentar: (Nat Rev Gastroenterol Hepatol. 2015 Sep;12(9):516-26).

■ Dor / desconforto abdominal

■ inchaço

■ Perda de peso

■ Diarreia

■ constipação

■ dor epigástrica

■ Náusea

■ Aftas

■Dermatite

■ansiedade

■Dor de cabeça

■ Dores articulares ou musculares (sintomas semelhantes à fibromialgia):

■ Fadiga:

➡Porém novo estudos estão relatando uma possibilidade de sensibilidade ao trigo e não necessariamente ao glúten. O trigo ( frutano) é considerado um FODMAPs (

alimentos que apresentam alta carga osmótica e produzem de gás). As proteínas, inibidores de amilase-tripsina, ou ATIs (de forma natural protege o trigo contra pragas e tem aumentado nos últimos anos)poderiam ativar o TLR e provocar uma resposta imunológica no organismo ( 4. J. Exp. Med. 209, 2395–2408

(2012); Clin. Gastroenterol. Hepatol. 6,765–771 (2008);Nat. Rev.Gastroenterol. Hepatol. 11, 256–266 (2014))

O fato é que a sensibilidade ao glúten não celíaca é algo novo e que ainda necessita de mais estudos. Novos biomarcadores estão sendo estudados. Na prática clínica, podemos perceber melhora de diversos sintomas quando pessoas excluem o glúten. Porém ,vale lembrar que comer sem glúten não é necessariamente saudável se você está trocando uma caixinha por outra caixinha SEM GLÚTEN. Tente comer mais comida de verdade, mais frutas, verduras, raízes e certamente, independente de ter ou não sensibilidade ao glúten você sentirá uma grande melhoria na sua vida.

Av. Tancredo Neves, 2915, CEO Salvador Shopping, Torre Nova Iorque, sala 1702 - Caminho das Árvores - Salvador, BA, Brasil - 41820-021

Rua Doutor Nicolau de Sousa Queiroz, 177 - Vila Mariana - São Paulo / SP

Drª. Ivia Magalhães

Médica

CRMBA: 25830/ RQE: 15596

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon

© 2020 por Ivia Magalhães.